Dica importante: Respeitem os comentários alheios, não ofender. Se quiser fazer alguma critica ou sugestão, faça de maneira construtiva, e não agressiva.INTERAJAM para que o blog fique mais interessante! A participação de vcs, o público alvo é muito importante! Comente, envie sugestões de temas que gostaria que fossem abordados no blog, enfim, dê a SUA contribuição! Obrigada!

Videos interessantes

Loading...

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Entre mulheres, quem deve tomar iniciativa?





Algumas meninas adotam a medida heteronormativa de esperar que “a mais ativa” tome a iniciativa em quase tudo,  na paquera, no namoro,  e até mesmo na hora do sexo, mas será  que isso precisa ser via de regra?

  Há ladies que se consideram ativas e quando interessadas vão à luta e é isso que conta. Ao meu ver, se vc tem o interesse, deve ir atrás, com moderação e sem invadir o limite do outro, claro. Penso que ente duas mulheres não  tem que  haver esse tipo de regra.  Eu  sou do tipo que quando quero, tento investir, se me sentir segura. Vc não  precisa ser direta, mas basta enviar sinais e dicas de que está interessada na moça ou no moço.  Para as bissexuais,  as mulheres costumam  esperar pela abordagem dos caras, mas eu acho isso um pouco de machismo, achar que está errada em chegar no homem, até porque  se  o cara tiver que gostar de vc, não será um detalhe desses que  o impedirá de  de conhecer uma mulher bacana só por ela ter tomado a iniciativa, e se ele for esperto, se sentirá lisonjeado por ter ao lado uma moça de atitude!  Nesse caso eu acho   legal a abordagem  pelo cavalheirismo, mas não acho que deva ser uma regra. A mesma coisa entre lady e bofinhas, butches e afins.  Então, se vc sente medo de parecer  cara de ´pau ou invasiva quando sentir vontade de tomar a iniciativa, lembre-se de uma coisa muito importante: atitude ainda é afrodisíaco para algumas pessoas.

Vc iria a uma casa de swing?









Dizem que swing é uma balada normal, como todas as outras, mas não pelo menos pra mim.  Só pra começar,  tem uma  pista pequena, com uma barra de pole dance, um labirinto, um cine erótico e algumas salas privadas onde tudo rola. A única  coisa que é comum a outras baladas são alguns camarotes com mesas numeradas, área de fumantes  e um bar.  Bom, não é permitida pegação nos banheiros, só nos ambientes para casais.
 Vou falar por mim.  De  fato o que difere o swing das demais baladas é o fato de ser um ambiente mais liberal. Vc vai lá pra dançar, mas  tambem para interagir com casais ou com outras pessoas single (solteiras), mas vc não faz nada que não queira, tudo sempre com muito respeito.  Há higienizadores, listerine nos banheiros, tudo nos conformes, pelo menos na casa que eu fui em Moema.  As funções  principais são ménage, bi feminino (tem muita mulher bi, mas a maioria casada ou com namorados),  exibicionismo, voyeurismo (observar as pessoas fazendo sexo)  e   swing (troca de casais). Tambem tem transas em grupo e outras coisas. A questão é: vc  tem uma mente liberal a ponto de considerar a possibilidade de frequentar uma casa como esta ou iria só por curiosidade ou nem passaria na porta? Há ainda muitos mitos e preconceitos em relação a essa modalidade do prazer.   quem ache que, se vc quiser transar, paga um motel, não parecia fazer pra qualquer um ver.  No meu caso fui apenas por curiosidade, não interagi com ninguem, claro que algumas pessoas te cutucam, mas é só ignorar. Não fui desrespeitada, nem tive maiores problemas, pois estava lá apenas para conhecer.  Mas é uma  opção para pessoas que buscam algo para apimentar o sexo e ou gostam de realizar fantasias diferentes, para todos os gostos.
 Bem, essas são minhas opiniões pessoais, resta vc ir para saber como é de fato e tirar suas conclusões e  suas próprias  impressões.

Link da casa que fui (tem as explicações mais detalhadas das cosias que eu citei)

























































domingo, 20 de outubro de 2013

Lésbicas x homens heteros


  




 
Já parei pra pensar e comparei: o q cada um vê e como vê uma mulher??  

Se vc respondeu: como s olhos, pode até ser , mas com que olhos, exatamente?  Pelas minhas análises, as mulheres buscam em outras algo além de sexo e corpo, buscam mais um casamento, um romance, uma cumplicidade mutua.   Parece que para o homem, o corpo ainda é um importante  atrativo antes de tudo, já q são muito mais visuais do que nós. Tenho a impressão que procuramos coisas e qualidades  diferentes nas mulheres, mas é uma opinião minha.   O que eu vejo é mulheres buscando algo mais afetivo, não só carnal, e o homem ainda tem aquela coisa  da necessidade de satisfazer um desejo sexual, separam muito amor de sexo e gostam primeiro do que veem para depois buscar a essência feminina,  e para a mulher, um completa o outro, mas mesmo assim o sentimento tem q vir primeiro do q o desejo carnal,  desde q sejam com a pessoa que se gosta. Perguntei e li sobre o que algumas meninas  e mulheres mais admiram em outras, a grande maioria respondeu: o toque, o beijo, o cheirinho, a sensibilidade... os homens falam  mais do corpo  e alguns falam de algumas particularidades no jeito de ser, de andar e falar.    

Algo que percebi nas lésbicas e me desapontou um bocado foi uma competição com homens, tipo, querer disputar pra ver quem agrada mais  uma  mulher e quem conquista melhor, o que as leva a um orgulho ferido quando sabem que  alguma mulher que já ficou com mulheres pode ficar com homens tambem, é como se fosse uma guerra dos sexos, só que ao contrário!! Eu acho que cada um tem seu jeito de ser, e não vale a pena ficar se comparando com homens e nem disputando nada, não somos iguais a eles pq somos mais razão do que emoção, mesmo sendo lésbicas ou bissexuais e vemos a mulher como um todo, não só as partes.  É só o sentimento afetivo e atração que são parecidos, mas nunca iguais. Agora sim, a igualdade  que buscamos é de tratamento, respeito  e direitos iguais, nada mais, nada menos que isso!

sábado, 19 de outubro de 2013

Amizade com ex






Esse ainda é um assunto meio complexo para muita gente!    quem consiga manter uma amizade com ex-namoradas ou ex namorados, mas tudo depende de como terminou o namoro. Cada situação é muito particular, e creio que  se as coisas terminaram de um jeito sutil, com conversa e sem magoas, é capaz que de certo, pelo menos por algum tempo, e se houver afastamento será por outros  motivos, falta  de tempo ou perda de contato mesmo! Se tiver terminado tumultuado com muitas magoas ou coisas pendentes, pelo menos logo de cara amizade não deve rolar! Nesse caso é necessário dar  um tempo para que as coisas se ajeitem, provavelmente vcs voltarão a se falar depois de um tempo. Mas  na minha opinião,  ter amizade com ex é mais saudável do que ficar travando uma guerra com ela por algo q não deu certo, é sinal de maturidade, respeito e superação dos conflitos, sinal de que vcs sabem separar o relacionamento de uma amizade, e podem  e  devem se dar bem! Eu penso que, não é pq um namoro não deu certo e ambas se chatearam que devam forçosamente se odiar até a morte, embora provavelmente o contato não vá ser mais o mesmo, mas pense em tudo de bom que passaram juntas, isso não conta? E o carinho que vc tinha por ela, precisa mudar e virar indiferença, só por não estarem  mais  juntas??  Mas há controvérsias: como é necessário muita maturidade pra separar as coisas, não  sei  se pq  alguns de repente  confundam manter um contato com um suposto "desejo de dar continuidade de onde parou" (subentende-se ainda um resquício de interesse escondido em voltar  e o risco de o outro não querer a mesma coisa ou medo de pequenas recaídas em momentos e carência de ambas, ou como ficaria se uma arrumasse outra namorada e a outra não,  por exemplo) ou mesmo alguma outra pendência, tipo um pouco de mágoa que restou, tem gente que gosta de dificultar, e aí fica muito difícil entrar em um acordo  se um dos lados simplesmente se acomoda e fica de braços cruzados esperando cair do céu, achando q só o outro tem que ter atitude, sendo q  deveria ser  um acordo comum, diálogo sempre foi uma ferramenta fundamental nessas questões,  e isso serve pra qualquer tipo de casal.  Convenhamos, paciência tem  limite  e ai fica inviável manter contato com alguém que vive complicando um possível entendimento. Ai é com vc, veja se realmente vale a pena, se vc acredita em um entendimento, vá em frente. Se perceber total desinteresse, o lance é deixar pra lá e seguir em frente e torcer para que no próximo namoro,se não der certo  (mas esperamos que dure se não pra sempre por um bom tempo) que pelo menos vc tenha mais sorte e vc pegue alguém mais madura e compreensiva que consiga ter uma amizade saudável com vc, senão amigas quase irmãs, que pelo menos sejam colegas e haja um mínimo de respeito, sem deixar influências negativas do passado, confiança vem com o tempo. 

Outros links sobre o assunto sob outros pontos de vista: 
http://sapatomica.com/blog/2013/09/04/amizade-com-ex-namorada-rola/
http://somoslesbicasedai.blogspot.com.br/

domingo, 13 de outubro de 2013

Desculpas clássicas que as pessoas inventam quando não estão afim...



Geralmente muita gente fica com medo de dizer com todas as letras que não quer algo ou não pretende retomar um relacionamento, então fica dando uma série de desculpas, as  vezes repetidas, e ai fica cada vez mais claro o desinteresse. Eu sempre defendi a sinceridade por mais que seja chato, e há formas sutis de se fazer isso. Bom, reuni algumas das principais desculpas que costumam dar quando não estão afim, se vc ouvi-las, CORRERIA, pq é sofrimento na certa,  especialmente para aquelas que se apegam mais.


1)    Você manda mensagens e ela não responde, liga, mas ela não atende, não retorna. Ai quando finalmente vc consegue contato, ela te diz:

“Ai desculpa, foi falta de tempo!”

Mas como assim, “falta de tempo”?  Se  vc a tiver em alguma rede social, como pode ser  isso se vc percebe que ela respondeu contatos de outras pessoas? Depois, quem realmente QUER, SEMPRE  arruma um tempinho...
2)    Quando alguem não quer algo com vc, ainda gosta de alguem e vc não foi capaz de fazê-la superar ou não quer voltar contigo:

“Não estou preparada para um relacionamento, prefiro ficar sozinha/ ainda gosto da fulana”

Dai logo depois de algum tempo vc a vê acompanhada, inclusive de outra fulana q não a mencionada (mesmo q ela não esteja tão feliz, mas  é o que quer demonstrar,...) pq será?


3)    “Só tô afim de pegação e não vou te levar a sério”
Pode até ser uma caracteristica da pessoa, mas  se ela achar alguem que mexa muito com ela, talvez pense em algo a mais.....

4)    “Só te quero como amiga”

Mas nem amizade ela te da chance de ter com ela.... interessante isso né....?

5)    “Já tenho namorada/ gosto de outra”
E até muda o status de relacionamento no face pra ficar  mais real....mas é pura conversa fiada, pq vc percebe indicios de que  ainda esteja solteira, pois quem namora posta fotos, declarações, e geralmente  as pessoas mais proximas  comentam nesse tipo de status....e mesmo que tivesse, depois termina, a pessoa continuar sustentando a mentira só pra não te dar chance.

7) “Temos gostos/ queremos coisas diferentes”

 Bom, quando há amor, até mesmo  quando são muito opostos conseguem passar por cima de certas diferenças. 

8) "Não quero estragar nossa amizade....." 

Primeiro que se vc tiver um pingo de atração mesmo com amizade é possivel u ficada sem compromisso, Segundo, se fosse assim, alguns relacionamentos não começariam de uma GRANDE AMIZADE! É tudo muito relativo. Mas  se ela disser isso é provável que só sinta amizade por ti mesmo, por isso não pensa em algo diferente. 


Existem essas desculpas e tambem as preferências, tais como pessoas da mesma idade, ou mais velha/ mais nova, distância (pessoas  que preferem namorar alguem mais proxima, do mesmo estado/cidade), incompatibilidade de tamanho, aparência.... se isso acontecer, não se culpe, simplesmente tenha em mente que  a afinidade não bateu da parte da pessoa, não foi incompetência sua. Porém, creio que quando não  há interesse, o melhor ainda é a sinceridade.