Dica importante: Respeitem os comentários alheios, não ofender. Se quiser fazer alguma critica ou sugestão, faça de maneira construtiva, e não agressiva.INTERAJAM para que o blog fique mais interessante! A participação de vcs, o público alvo é muito importante! Comente, envie sugestões de temas que gostaria que fossem abordados no blog, enfim, dê a SUA contribuição! Obrigada!

Videos interessantes

Loading...

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Cynthia Nixon diz que escolheu ser gay



Em janeiro deste ano, surgiu uma polêmica em cima de uma materia feita com Cynthia Nixon quando ela afirma que  teria  escolhido ser gay. Isso contrariou algumas pessoas na epoca, fazendo com que a atriz se desculpasse com o publico  e retirasse sua afirmação.  Segue a matéria: 



Cynthia Nixon diz que escolheu ser gay

A atriz afirma que ser gay é melhor

Cynthia Nixon diz que escolheu ser gay - Bang
 
Cynthia Nixon vive com sua parceira de longa data Christine Marinoni – com quem ela tem um filho de 11 meses, Max – e, apesar de irritar muitas pessoas, insiste que foi sua a decisão de se tornar lésbica. 

Os desafios de ser bi

 






Como se já não  bastasse sentir atração por ambos os sexos, ainda os bissexuais  tem q conviver com o preconceito de ambos os lados também, hahaha! O preconceito dos heteros e dos “homos” .  Eu coloquei entre aspas pq primeiro,  um bissexual q tenha ”decidido”  se relacionar apenas  com pessoas do mesmo sexo ele pode   sim, dizer q é gay.  Depois pq eu creio que quando a pessoa fala muito mal de um bissexual assumido  e convicto,  ou é, e    não quer falar pq  de fato será julgado por isso (ou não, se tiver um pouco de sorte ou se alguem ja suspeitava e só esperava a confirmação da propria pessoa) , ou tem medo de ser, ou tem inveja de quem é!! Tudo depende do discurso da pessoa q esta criticando. Fora que quando aparce alguem q diz ter ‘virado’, ‘escolhido’   ou ‘decidido’ se relacionar com pessoas do mesmo sexo e ser gay, a  explicação mais logica e imediata é: “só pode ser bi, pq ninguem escolhe ser gay!” muito bem,  já te ocorreu que quem é de fato é bi, não escolheu, assim como vc diz n ter escolhido ser gay, lesbica ou hetero? Ninguem entende de fato, "como é possivel alguem sentir atração ou gostar de ambos?" Sim, possivel é, mas vc não precisa ficar com os dois, se não quiser, HAHAHA!! E sim, se essa pessoa percebe em si q pode ficar com os dois, ela pode sim, ESCOLHER o q melhor lhe  convier (ficar em um so lado, por nao gostar da ideia de ficar ‘dividido” ou ‘confuso’) , ou ficar com ambos de maneira q não afete ninguem nem a si  mesmo!! Mas a militancia e ativismo ignoram isso por medo dos preconceituosos acharem q todos escolheram ser homossexuais, errado!! E este preconceito é reforçado pela ideia de quem se assume totalmente homo ou 100% hetero achar q tem q haver uma definição de uma coisa ou outra, sem um meio termo!!  Vou falar disso em outro topico! Muitos tem medo de se assumir bi ou não gostam  de sê-lo, por causa do preconceito alheio ou medo de não encontrar uma compreensão de si mesmo ou ficar alternando seus desejos em momentos inadequados e prejudicar relacionamentos.  Mas sem duvidas é um desafio pra propria pessoa ter que lidar com isso, pq   terá de fazer  essa “escolha” quando se ver diante de duas pessoas dos dois sexos interessadas nela ou quando se interessar pelas duas!  Acho que a pessoa se tiver mesmo que escolher teria que ir pelos criterios, quem a ama realmente,   quem a atrai   mais e da mais segurança, lhe passa mais confiança, quem ela gosta mais (possui sentimentos mais fortes ou lida e se sente melhor). Se for por igual, se não houver outra saida,  sinceramente proponho que vc tente namorar os dois ao mesmo tempo, apenas por um periodo,  e ver como se sente, mas isso implica em ter uma conversa bem franca com ambos  e ver se estão de acordo, pra não haver acusações e julgamentos contra vc de que esteja traindo ou enganando o outro!! Se um dos dois  não  aceitar, ai o lance é decidir mesmo o q for melhor pra vc. Claro que nesse caso, qualquer decisão q vc tome,  sabe que poderá ser julgada por isso, é bom estar preparada! Então, reze pra que isso  nunca te aconteça, até pq podem acontecer duas coisas:  um dos dois se cansar da situação de ter que te dividir com outro ser e querer cair fora, ou vc mesma (o) nao aguentar a pressão e querer mandar um dos dois ir pastar, nao vai conseguir mante um namoro desses pra sempre, tenha consciencia disso!  Geralmente  o bi vive isso das seguintes formas: alternando   relaiconamentos por  ex, se termina com um cara, namora mulher, se nao der certo, volta a namorar homem, ou entao fica um tempo so com um ou so com outro.. ou decide-se  mesmo  por se relacionar apenas com um lado, é raro namorar ambos ao mesmo tempo, mas acontece!   Tambem  ai vai alguns avisos para as lesbicas preconceituosas de plantão. Nao, as bi nao vao te passar doenças q pegaram de  relaçoes com homens porque nem todas transaram sem proteção. Nao, nem todas são  putas, promiscuas, indecisas e afins!!     Nao, ela nao vai te trocar por um homem, até pq, não é pq ela   ficou ou namora um depois de ter ficado e namorar mulheres que ela nao possa voltar a namora-las se nao der certo com o  atual!!  Sim, muitas voltam a namorar e ficar com mulheres depois de sair de um namoro com homem. E  sim, bi tem sim controle sobre seus desejos!!  Mais um motivo pra vc lesbica insefgura, não ficar achando q será trocada pelo prmeiro palhaço q pintar no pedaço (ih, rimou)! Se a mina te ama, não vai te trocar por ninguem, e sim, se for pra trair, pode ser com uma outra mulher tambem, afinal,  ela é BISSEXUAL, e não hetero!   
Bom, fiz esse artigo pq muitas pessoas pensam q ser bissexual é um parque de diversões e que eles nao tem um pingo de sentimentos  quando querem ficar com as pessoas. Primeiro, quando o bi nao está envolvido amorosamente com ninguem, ele ou ela podem sim, ficar e ‘catar’ quem quiserem, já q nesse caso nao há sentimentos de ninguem envolvido! Caso haja, é como eu falei antees, uma conversa franca é o unico caminho para nao magoar nenhuma das partes ou a parte mais interessada em você! Entao, eu já ouvi lesbicas  (idiotas, falo mermo) dizendo “fiquem entre vcs”, como se o bi tivesse  que ser excluido da condição GLBT, só por ser bi, o que acho errado!  Nao acho que meninas bi tenham obrigação de evitar namorar lesbicas como se elas nao partissem o coração de ninguem!!  pelo contrario, acho q devem se namorar sim, bi com bi, lesbicas com bi, lesbicas com lesbicas, todas somos IGUAIS, temos o mesmo desejo, so que algumas bi, ficam com homens, nao necessariamente junto com outras mulheres!  Nao sinta vergonha  de ser bi, mas se achar que se assumir pode lhe acarretar problemas nao o faça, somente com quem  vc confiar que  vao te entender (ou tentar pelo menos) nao vai te abandonar e se estiver preparado.  E um outro aviso as pessoas que insistem em ser preconceituosas: antes de dar bronca, criticar, julgar, estudem o assunto antes, conversem com pessoas que realmente sejam bi, antes de sair por ai dizendo q isso  não  existe, q é indecisão, falta de identidade e o escambal e o inferno a 4,  pq vc q se considera/ se diz lesbica  pode estar magoando sua namorada sem saber!  Converse com ela e tente aceita-la como elaé, já q vc diz ama-la, procure merece-la e não deixe um  preconceito bobo magoa-la e perder uma pessoa  pode ser  muito legal e vale a pena,  por causa de sua orientação, ser bi não é aberração e sim atração por ambos os sexos, não necessariamente ao mesmo tempo! 

Segue um video de uma pessoa querida (Jessica beck) sobre esse assunto. A unica correção é o termo"  bissexualismo"ser substituido por "bissexualidade" ou bi-afetividade. 



Este outro video ta razoavel, mas pela mensagem inicial, vale a pena!! 



quarta-feira, 5 de setembro de 2012

A arte de “dar um tempo”



Com certeza isso ja acontceu com vc (e se não rolou ainda, vai rolar), que estava namorando  e levando tudo numa boa, mesmo com os problemas e obstaculos q surgem em um  namoro, mas de repente a criatura vem com esse papo ...”amor, o q vc acha  de a gente dar um tempo?” naquele momento mil interrogações surgem na sua mente e vc nao sabe ou não consegue dar uma resposta concreta! O que eu fiz de errado ou deixei a desejar?   O  q a levou a querer esse tempo? Será que o contato vai continuar normal?  Que tipo de certezas ela quer ter? Dos meus sentimentos por ela ou vice versa? Quando isso acontece, pode se pq algo não ia tão bem assim, algum conflito interno  da propria pessoa, incerteza dos sentimentos de uma das duas,  surgiu algum lance externo (outra pessoa, talvez)  e pra evitar traição, a pessoa vem com essa!   Dai entra o dialogo,não finja q esta tudo bem, é  tentar ver o pq desse tempo, tentar achar alguma solução boa para ambas, o q pode decidir o futuro do seu relacionamento! Dependendo da conversa podem acontecer  quatro  coisinhas: uma, prolongar esse periodo, mas o contato continuar normal, vcs somente  ficarem sem muito compromisso, voltar, tentar outra vez e dar continuidade ao namoro,  ou terminar de vez.  Esse lance de dar um tempo pode ser bom ou ruim, pra alguns é algo estranho,  uma mera desculpa pra não terminar de uma vez, ou medo de  que isso aconteça e a pessoa tenha medo de se arrepender, querer voltar atras e não dar certo pq certamente a pessoa ainda estaria magoada para tal, e ainda por cima sem entender os reais motivos disso! Por isso  q eu acho q é importante não perder o contato e o foco na pessoa, para que não fiquem parecendo duas estranhas. Não fique fugindo, pq uma hora vcs vão ter q encarar uma a outra,  ou desdenhando dela, nem fingindo q não rola mais afeto, não  deixe coisas pendentes, mal resolvidas,  diga o q te deixou descontente, converse, peça desculpas por algo q tenha feito ou a ofendido.  As vezes um tempo é importante, mas nao  demore muito. não deixe passar tanto tempo assim, pq corre o risco de a pessoa achar q vc não quer mais mesmo, ta sem coragem de dizer e  so ta esperando ela concluir isso, desencanar de vc e tentar partir pra outra, por isso pense bem e não suma de  vez!  Tambem não é bom pressionar, mas sempre manter um contato e  fazer  esclarecimentos quando necessario, mas eu sinceramente sou a favor de fazer um feedback pra identificar e diagnosticar  o que realmente tá pegando!  Vcs podem ir aos poucos ajustando suas diferenças, pendencias e ir tudo voltando ao normal. Mas seja sempre sincera, e se decidirem mesmo voltar, que seja com mais cuidado, uma com a outra,  sempre se respeitando mutuamente e deixando claro o quanto ela é importante pra ti,   mostrando q se importa, q não quer perde-la, compreendendo-a.  Tente fazer com que o relacionamento seja melhor do q estava antes. Se não der certo, pelo menos continuem amigas, não deixe mágoas passadas se apossarem do coração de vcs. Quem sabe como tempo vcs percebam q se querem de verdade, que suoeraram tudo e as coisas retornem ao que era naturalmente, vale a pena tentar e  deixar rolar!