Dica importante: Respeitem os comentários alheios, não ofender. Se quiser fazer alguma critica ou sugestão, faça de maneira construtiva, e não agressiva.INTERAJAM para que o blog fique mais interessante! A participação de vcs, o público alvo é muito importante! Comente, envie sugestões de temas que gostaria que fossem abordados no blog, enfim, dê a SUA contribuição! Obrigada!

Videos interessantes

Loading...

sábado, 21 de abril de 2012

“Quando a paixão não dá certo, não há pq me culpar ....”


Bem verdade essa afirmação da musica “coração pirata”  de roupa nova. Quando  algo dá errado na conquista temos a mania de nos culpar, achar que dissemos algo errado ou deixamos de fazer alguma coisa, bobagem! Contudo outras pessoas contribuem para tal, querendo tentar ajudar  dizendo  “tu procura nos lugares errados” “gosta das pessoas erradas” como se fizessemos a proposito, ou ainda “vc deveria ter feito isso e  aquilo” mas ai vc vai e faz, e nada acontece e nos perguntamos pq e não ha repsostas. Não há uma resposta, por um simples motivo:  pq a culpa não é sua! Existem coisas que  50% depende de vc ou SÓ de vc, e em certas situações, outros 50% depende de outros ou de uma segunda pessoa! Paixão é algo irracional, vc não escolhe, nem planeja, mas se não rolou foi pq simplesmente a pessoa não tava na vibe, não tava preparada, não houve empatia, nada a ver com sua personalidade ou aquela cantada que vc achou tosca, até pq quando rola a pessoa pouco liga pra isso.  Em alguns casos funcionam alguns artificios, mas em outros não. Olha, o importante é vc ficar (ou pelo menos tentar ficar) tranquila  consigo mesma e ter a consciência que fez tudo que pode e pare de se martirizar (é, isso tb vale pra mim!). 





Quando os desencontros não acabam....


É,  tem pessoas que parecem nunca ser olahdas por ninguém, e em compensação aquelas que sempre estão comprometidas , e dai a tendencia (no caso dos q não tem muita sortecomo parecem ser minoria)  é   acabarmos nos interessando por pessoas que já tem alguem. Isso não acontece intencionalmente, mas quando ocorre com certa frequencia vc tem duas opções: ou ja cortar logo de vez, antes de se apegar  e continuar a busca, ou entao se vc for mais ousada, tente uma aproximação como amiga. Não fale do seu interesse por ela e tente conseguir o maximo de informações possiveis  sobre o relacionamento, faça-a confiar em vc. Se vc perceber que o relacionamento esta por um  fio, tente sondar se ela ficaria com vc, caso estivesse solteira, mas deixe claro q respeita seu momento . Se  percebe que ela quer mesmo terminr ainda melhor, vc tem mais chances, mas o importante é saber se ela entrará na sua!!   Tentenão envolver muita gente, apenas pessoas de sua confiança!  Se perceber que o relacionamento dela está estavel, melhor nem comentar.  Mas essas dicas são só em casos extemos onde a coisa está mesmo dificil de caminhar.

Como saber se ela está realmente afim?

 




Essa   é ainda uma questão que tem deixado muitas  meninas de cabelos em pé!  Principalmente quando as coisas começam no virtual.  Algumas pessoas dão entender q tem interesse, mas depois  mudam da água pro vinho! No começo são promessas,  juras de amor,  namoro virtual... mas nada de atitude de vir para o real!!! Enfim, tem gente que virtualmente diz que te adora, mas depois   some do mapa, sem ao menos dar sequer uma explicação sólida, e ai começam os dissabores!  Bom eu tenho paranoia e horror desse tipo de atitude, não custa nada vc ser sincera.
Ai  existem 5 possibilidades:

1-     ela até estava afim, mas só  de ficar, mas nada muito sério, então nem investiu;
2-    gostou de vc, mas possuia sentimentos mais fortes por outra pessoa;
3-     distancia, não quis e nem soube lidar com isso;
4-    Não estava afim, só jogou verde;
5- Idealizou uma imagem de vc, e quando viu que era OUTRA , e não o q ela esperava, pulou fora.
Para saber o que pode ter acontecido, precisa analisar a situação, tudo depende de como estava o papo entre vcs antes,  tente conversar com ela sobre o porque da mudança repentina.  Mas vou tentar dar algumas dicas pra evitar que isso aconteça de novo, apesar de não ser garantido.

- siga seu feeling e observe as falas dela, veja se não há contradições ou mudanças repentinas de atitude com vc, tipo, num dia tá super legal, outro tá distante e grosseira.  


- se ela demorar pra ter atitude apesar de tanto dizer que está afim, chame-a pra sair e veja a reação dela. Se ficar inventando desculpas e fugindo, temos problemas. 


- se conseguir sair com ela, tente  beija-la, caso esteja tendo sentimentos por ela, e veja os resultados. Se ela retribuir e quiser dar continuidade,  está realmente afim. Se evitar seu beijo, ou aceitar, mas depois sumir, talvez não queira vc.  


- faça-a abrir o jogo, pergunte se esta tudo bem, peça que seja sincera,  se existe outra pessoa, se realmente te quer, e observe suas atitudes.  Tente ligar ou marcar algo pessoalmente, veja como se sente mais a vontade, s estiver muito apreensiva, basta só ligar.  



- observe (no caso de alguem da mesma cidade) se há reciprocidade nas mensagens e ligações e a rapidez com que são respondidas e se ela sempre atende o telefone.  Não deixe  que se torne algo de mão única.
- se marcar um encontro com ela e  mesmo ciente disso  ela não aparecer, é meio que óbvio já. 


- não deixe as coisas só no virtual, isso denota comodismo.

Bom, há meninas q devido a certas circunstancias,   no começo não estão afim  em  100%, mas em alguns casos com um pouquinho de esforço se pode mudar isso,  mas o melhor mesmo é  não dar esperanças se vc não tem certeza se vai poder corresponde-la e deixe rolar.  Não faça com outras o que não quer que faça com vc,  e assuma suas atitudes, pq depois não venha com aquela desculpa: “ah, eu não  te prometi nada, nunca te dei esperanças” sendo que vc sabe que deixou. Mas se vc que quer saber se ela realmente está afim  tiver uma postura firme,  ela vai  soltar a real, tudo uma questão de procura-la pra conversar no momento certo, boa sorte!  

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Saude das lésbicas: vaginecologista!!!


Sentiu o 'drama' do meu  trocadilho??? o tema é simples, mas complexo ao mesmo  tempo: como vc encara o fato de ir a ginecologista? para as ladies parece mais facil, (ou não) mas e para as bofinhas, dykes, butches ou whatever?? será que vc ficam  muito desconcertadas? 
Eu não me considero lady, mas nem tão bofe, apesar de gostar de me vestir assim  algumas vezes... mas para mim se fosse uma dyke não hesitaria se precisasse ir a ginecologista. Também  tem outro problema, vc conta a ela sobre sua sexualidade quando vem a pergunta sobre suas relações sexuais? Conselho: CONTE!  Ela  precisa saber para poderorient=a-la, caso vc precise, e sim, com mulheres vc também  precisa se prevenir!   Existem outras doenças que  podem ser transmitidas pelo canal vaignal no contato vulva com vulva se sua parceira tiver alguma infecção ou DST.  A dica é: informe-se pela internet, vá junto com sua namorada, convrsem sobre isos, ma sobretudo, não fique com vergonha de ir a ginecologista, melhor se tratar do que depois descobrir que tenha algo  e vc não vai querer passar pra sua companheira que tanto ama, não é? Quem se ama se cuida e quem ama cuida de sua amada!    

Por que elas estão preferindo ELAS???!




http://entrelumaefrida.com.br/wp-content/uploads/mystique.jpg


Essa é uma pergunta que aposto eu que muitos homens  principalmente fazem. Bom, segundo minhas análises de comportamento e depois de livros  e relatos que li, vou tentar reproduzir o porque muitas garotas preferem outras:


Bom, entre garotas já existe uma cumplicidade natural que vem  da  amizade, mas em um relacionamento  amoroso,   essa cumplicidade é dobrada, mais intensa, há uma conexão muito forte num amor entre duas garotas,  algo tão intenso, que em alguns casos,  já no primeiro beijo já se sentem enamoradas  (mesmo aquelas que nunca haviam experimentado algo assim) e na primeira semana de namoro já  rola sexo ou amor e querem viver junto. Rola um carinho diferente, uma garota costuma ser mais carinhosa com outra pq ela a trata como gostaria de ser tratada e por ser mulher igualmente.  Mas é algo que não pode ser apagado com sexo, isso vai para  aqueles caras que acham q se levarem uma lésbica  pra cama  vão faze-las virarem no minimo bi, errado! Não rola apenas sexo entre duas mulheres, mas algo mais sublime, vai alem do corpo, é coisa de almas, é mais do que simples amizade ou sexo.  Uma garota consegue se entregar a outra com mais tranquilidade porque não há o medo de gravidez indesejada, nem  de se sentir violada, não tem aquela cobrança pela mulher  perfeita, não há limites, nem regras.  Muitas mulheres só se sentem completas ao  lado de outras pq há troca mútua, há um jogo  de sedução e sensualidade, de toques, olhares, dotados  de um tesão multiplicado.  São duas almas doces se tocando, se encontrando, se amando, ambas sentem as mesmas coisas, passam pelos mesmos problemas  (entenda-se TPM ), então é mais facil de lidar e entender.  São duas peles macias se tocando, beijos e rostos lisos  que se  encaixam, tornando  uma imagem delicada, algo magico e lindo de se ver e de viver. Há mulheres que não se sentem bem com penetração, sentem prazer apenas com toques, alias é totalmente possivel vc sentir prazer com sua namorada sem necessariamente algum acesorio ou dedos, o corpo todo da mulher ja proporciona isso,  somado ao amor e carinhos mutuos de ambas as partes, é  totalmente possivel chegarem juntas ao climax. Entre garotas existe mais conversa, mas toque,  mais sensibilidade e mais amor e não só sexo.  é algo que só quem vive ou sente isso mesmo sem viver pode descrever. Eu li em um video um comentario do tipo: ”  é falta de rola mesmo, ou a mulherada tá aprendendo o quanto é gostoso uma buceta??” então resposta, não é falta de penis, nem falta de homens, simplesmente a mulher se sente melhor e mais completa com outra mulher, e fim. Algumas simplesmente se apaixonam por mulheres, independente de ter passado algo ruim com homens.  Existe a liberdade de não ter o machismo presente, existe, mas creio que essa mulher já tinha algum desejo escondido por mulheres, só precisava deixar aflorar, isso cada uma tem seu tempo de descobertas, quando a mulher  ou as mulheres certas lhe aparecem, e ai não sentem falta de homem, mesmo tendo vivido algo ou mesmo gostado. Acho que ninguem aprende que  “buceta” é bom, só sente que curte,  e comprova quando   tem tal experiencia.
Bom, espero ter esclarecido qualquer tipo de duvida em relação a isso, mas podem perguntar, caso ainda exista alguma dúvida. 

O efeito bumerangue ( terminar e voltar pra ex)








Já reparei  que  isso acontece muito entre nós lésbicas, mas já pararam pra pensar nos porques de isso acontecer??
Bom, fiz uma lista das possibilidades (leia-se hipóteses):

- ainda existe uma pendencia e há uma vontade de tentativa de recomeço e necessidade de acertos;
- resta um sentimento ainda que não foi superado por uma das partes ou por ambas e por detalhes bobos acontece uma briga que  leva ao fim;
-uma suposta falta de opções, já que em alguns grupos   lésbicos ainda se sentem minoria e rola muito o rebuceteio (uma q ja ficou com as outras do grupo).  

 - força do habito, vc já esta acostumada com a pessoa, sabe tudo que ela gosta e ela sabe de ti e sente ainda um medo de recomeçar, não está preparada para uma nova busca, uma nova conquista, o coração ainda está muito fechado para novas possibilidades.  

Seja como for o efeito bumerangue ainda é muito comum entre as lesbicas e bissexuais, mas também muito desgastante e chega uma hora que cansa e ambas devem decidir qual será o desfecho definitivo para esse relacionamento, se é uma ressurreição ou o descanso eterno!!  São brigas e terminos constantes, e logo em seguida vem o retorno. As vezes as partes precisam de um descanso pra ver se vale a pena  voltar ou terminar de vez, tudo é uma questão de muita  conversa  para ver o q realmente esta acontecendo e onde está pegando e tentar mudar,  fazer concessões pra não ficar nesse vai e volta  que não acaba mais, o que as deixaria tontas e exaustas!!!!  Contudo, é infinitamente  melhor  ter 'alguém pra quem voltar' do que não ter ninguém nem para começar algo!!