Dica importante: Respeitem os comentários alheios, não ofender. Se quiser fazer alguma critica ou sugestão, faça de maneira construtiva, e não agressiva.INTERAJAM para que o blog fique mais interessante! A participação de vcs, o público alvo é muito importante! Comente, envie sugestões de temas que gostaria que fossem abordados no blog, enfim, dê a SUA contribuição! Obrigada!

Videos interessantes

Loading...

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Por que algumas mulheres mais velhas recusam meninas mais novas


 





Já cheguei a fazer um tópico sobre diferença de idade, ams me chama atenção um detalhe em particular que observei: meninas mais novas tendem a preferir mulheres mais velhas do que a da propria idade ou abaixo dela..., mas pq essa preferência??  

Geralmente,  as mais velhas procuram uma estabilidade emocional e geral em um relacionamento,  e ao que me parece, essas mulheres mais  velhas acabam sendo um “porto seguro” para as mais novas, que sabem que quanto mais nova, mais farra se quer!!  Mas pdoe ser também que, se elas tem tendencia a serem efêmeras ou a querer voltar pra curtição, digamos que  podem pensar assim: “já basta eu de “aventureira”, quero  alguem q me dê mais conforto e  segurança...” mas se elas buscam segurança,  é  pq não a têm...e sessa idade entre os 15 aos 23 anos mais ou menos a maioria delas quer se auto afirmar, e por isso fogem de alguem que possa “brincar” com os sentimentos delas, caso se vejam realmente envolvidas, então procuram alguem q as faça se sentir   mais fortes, masi capazes  de se sentir amadas, pq a mulere mais velha é mais decidida, determinada, tem garra, e  sem duvidas passa mais experiencia e independência.  Por outro lado, os problemas começam quando essas meninas querem mais se apoiar na mulher mais velha, confundir amor com dependência delas, ou ainda pior,  levar o relacionamento de maneira superficial, ou seja, desistir no meio do caminho por qualquer obstáculo que apareça ou motivo fútil. Muitas vezes no inicio do namoro elas se empolgam, mas perdem o entusiasmo ou quando algo as desagrada durante o relaiconamento, suas vontades não são feitas, ou ao aparecer uma terceira pessoa!! Nesse  caso ela pode mudar as atitudes e terminar com vc  sem nenhum aviso!! Em suma, eu  não vejo  problemas com diferença de idades, desde que haja maturidade de ambas as partes para resolver qualquerf conflito que apareça!! Conversa e compreensão semrpe fora me sempre serão  a base para qualquer tipo de relacionamento , par que sobreviva ,ou mesmo a melhor maneira de encerrá-lo.  Conclusão: os maiores receios das mulheres mais velahs em se envolver com mais novas costumam ser:

·        Medo de dependência, ou que vire uam relação mais  maternal que conjugal;
·        Medo da diferença ser gritante o do que as pessoas irão  pensar;
·        Incompatibilidade de objetivos na vida pelas fases diferente de cada uma, perspectivas de vida muito diferentes e não ser possivel acompanha-las;
·        Inconstância/ instabilidade, mudança repentina de alvo, principalmente se vc se ver envolvida de verdade com essa menina.
 
Há as  exceções, mas possiveis experiências ruins  anteriores fazem com que elas as evitem. Geralmente parecem não querer nada com nada e não levam a vida e seus namoros a sério e nem  os mantêm por muioto tempo.  Motivo? Falta  de sensação de completitude, procuram preencher um vazio que talvez nem elas mesmas saibam o que é, ansia por conhecer coisas, pessoas e experiências novas, afinal estão começando a viver, e os hormônios etão a flor da pele e parecem querer tudo ao memo tempo ou nem mesmo saber por onde começar! Por essas e por outras que as vezes uam menina mais nova mais sensata perde a credibilidade e chance  com uma mulher mais madura, por culpa das fanfarronas!   O problema é quando sua preferência é por meninas mais novas, ai não tem jeito, senão observar muito bem a conduta dela contigo.

Não procure mmeninas em baladas.   A maioria ali quer curar “ressaca” (pé na bunda) e brigas e terminos com ex, que pode voltar a qualquer momento pra elas, estalar o dedo, e vc já era, pq o sentimento ainda existe por elas, apesar de toda mágoa e raiva, estão muito vulneráveis!!  Acrediar que vc pode arrumar uma namorada séria em  balada é  pedir pra sofrer. Pode acontecer, mas é muito raro e precisa-se de sorte.

As meninas mais novas tendem a ser mais exageradas e dramáticas, fazem chantagem emocional pra serem notadas  e atendidas em seus caprichos!! Não caia nessa armadilha, deixe-a no vácuo por alguns dias, e espere os resultados.

Procure conversar bastante com ela, antes, durante e depois  do fim do relacionamento,  use argumentos lógicos  pra mostrar quando ela estiver errada e evite prolongar discussões.

Mostre que vc quer cuidar dela como namorada, e não como mãe.  Saiba como conduzi-la na relação, tentando ensinar algo de valioso a elas.  Faça-as perceber quando estiverem agindo com imaturidade, sem cair na armadilha das brigas. Tente ser o mais sensata possivel.

Diga  com sinceridade quando algo não lhe agradar, sem medo da reação dela, e  imponha respeito, afinal, vc é a mais velha, e mostre que para q seja respeitada por ti ela deve te respietar primeiro e que sua atitude (ou mudanças nela)  depende da dela.  

E você, que é menina mais nova  e prefere mulheres mais velhas, procure estar bastante certa do que quer, e procure ser  sempre sincera, honesta e madura! Mulheres mais velhas desprezam atitudes imaturas e é um dos maiores motivos de não querer envolvimentos com “novatas” . procure ser clara em todas as atitudes e intenções. Se tiver uma ex, se abra, passe confiança e segurança pra ela tambem.

Mostre que tem planos e objetivos de vida concretos, que quer crescer na vida.

Não faça cobranças, nem exigências por coisas que nem vc sabe   lidar em si mesma.


Não se apoie nela, elas sabem muit obedm diferenciar amor de se encostar.

Saiba reconhecer quando estiver errada. Peça desculpas, elas gostam de gente que assume seus atos e culpas.  procure, nunca deixe nada ssem resolver e procure ouvi-la, mesmo que  vc ache que não está errada.

Espero que  com essas dicas seja possivel manter um relacionamento de paz e harmonia entre meninas mais novas e mulheres mais velhas, que  pode e deve dar certo, pq quando há amor, não há  barreira de idade que interfira e ele cotuma superar qualquer diferença que haja, principalmente quando há respeito e compreensão. E isso vale pra mim também, afinal eu  prefiro e atraio meninas  mais novas!

terça-feira, 6 de novembro de 2012

A espiritualidade homoafetiva



Em que crêem os homoafetivos??  Se vc pensa que para eles não há uma crença vc está redondamente enganado!! A maioria segue uma religião diferente da católica, embora haja homossexuais catolicos. Fiz uma enquete em minha comunidade no orkut onde 20% são católicas,   contra um censo levantado pelo IBGE em 2010 em que 47,4% se declaram católicos, ou seja mais da metade  dos 60 mil casais homossexuais entrevistados (fonte: “blog sou bi”) , por outro lado 20,4% declaravam não ter religião contra 8% das q são atéias em minha comu; 8% são evangelicas, mas essa porcentagem se denomina cristão. Há igrejas inclusivas quase que especificamente freqüentadas por homoafetivos solteiros ou não. Esses jovens alegam sentirem-se mais acolhidos nessas igrejas,  ao contrario das outras que os condenam por serem quem são.  Mas tem uma estatística mais avassaladora:  24% pertencem a outras religiões, tais como budismo, candomblé e umbanda e espiritismo kardecista ou seguem Chico Xavier que contem algumas  explicações mais claras e  não condenadoras da homossexualidade e 32% acreditam em Deus, independente de qualquer religião!!  No candomblé a homossexualidade é amplamente aceita e discutida nos dias atuais, mas já teve um período que homens e homossexuais não podiam ser iniciados como rodantes (termo usado para pessoas que entram em transe), não era permitido em festas que um homem dançasse na roda de candomblé mesmo que estivesse em transe.  O mais famoso e revolucionário homossexual do candomblé foi sem dúvida Joãozinho da Goméia, que afrontou as matriarcas e ocupou seu espaço tornando-se conhecido internacionalmente. Tiveram muitos outros, mas nenhum conseguiu suplantá-lo em ousadia e popularidade (fonte: wikipédia). Boa parte do dicionário gay contem palavras de origem iorubá, derivadas do candomblé.  Mas independente da religião, em todas ela há homossexuais. Existem padres  catolicos e  bispos homossexuais, mas  essa realidade é velada por causa do preconceito conservador ainda existente.  Mas indenepdente da religião, deve-se ter uam crença, não fanatismo, mas crer em alguma coisa boa, positiva, nem que seja apaenas uma energia que rege o universo. Não acho que alguem deve deixar de crer em Deus devido ao preconceito. Provavelmente vc encontrará homossexuais ateus, pode ser um reflexo do que escutam sobre una suposta desaprovação sobre sua orientação sexual, mas é bobagem. Deus ama todas as pessoas como são, independente de religião e sexualdiade. Eu acredito em Deus, e não acho que seja preconceituoso, mas falarei disso em um outro topico mais especifico.  Se existem religiões diferentes,  pq não sexualidades diferentes? Mas  todos buscam  a mesma coisa, a unica coisa que difere é a diversidade.

Relacionamento aberto x bigamia!






Antes de tudo vamos dar os conceitos  a cada um.


Relacionamento aberto: seria quando vc tem uma parceira ou parceiro fixo, mas ambos ficam com outras pessoas, sem eprder o foco no principal ou “titular”.

 Bigamia: seria uma pessoa que namora com duas pessoas fixas  ao mesmo tempo, não necessariamente essas pessoas tem outros perceiros ou parceiras fixos ou não.    Ela não fica com outras pq está emocionalmente ligada  as duas que ela namora.     

Namoro a 3: o proprio nome já diz, três pessoase nvolvidas entre si.  


Quando surge a necessidade de um relacionamento aberto ou bigâmico? A partir do momento que, mesmo vc curtindo a pessoa com quem vc está, vc sinta vontade de  expeimentar “carne nova” no caso de relacionamento aberto, quando quer uma coisa mais liberal, sem necessidade de oficializar uma relação onde duas pessoas fiquem presas uma a outra!  Já no caso da bigamia, pelo menos pra mim, vc tem a pessoa que está como fixa, gosta dela, mas  ainda assim, sente a necessidade de uma terceira pra manter um equilibrio e se completar com algo q essa pessoa não tenha!  Ou mesmo por querer experimentar algo novo a curto prazo!  Um namoro individual já é complicado  em se manter, imagine uma bigamia ou relaciomanento aberto!  Nada impede de rolar um certo ciúme ,se uma das partes estiver mais ligada a vc emocionalmente,  e neste caso  essa pessoa pode sofrer  um bocado ou muito, por isso este tipo de relação deve ser conversada e consentida, ou vc terá que escolher uma das partes pra se relacionar!  Quando muito,  uma das partes  pode se sentir deixada de escanteio e vc ficar com apenas uma , ou perder ambas. Mas eu não acho impossivel conseguir ter duas pessoas,  desde  que vc encontre alguem q não se importe de  sustentar esse tipo de relação a longo prazo.  A pessoa não precisa ser bissexual pra desejar uma bigamia, vc pode querer duas mulheres ou mesmo doins homens! Isso as vezes acontece quando vc está em duvida com quem fica, dai vc precisa experimentar ambas pra ver no que dá. Não é muito comum  hoje em dia,  por causa dos ciúmes, mas há ainda quem mantenha uma relação “moderna” com duas ou mais pessoas pra cada uma!!   Mas na mniha opinião, quand ovc encontra uma pessoa, AQUELA pessoa que vc chama de amro da sua vida dificilmente vc vai precisar de outra pra contrabalançar , vai se sentir completa apenas com ela e não sesntirá falta de mais ninguem! mas cada pesoa é diferente e  deseja coisas diferentes pra sua vida, e é e preciso respeita-las, desde que não magoem ninguem e nem a si mesmas.

E vc? Já viveu uma relação assim?  Se a resposta  for sim, conte-nos como foi, as duvidas, os conflitos, se roluo ciumes e como acabou.

Você traisnaria com uma GP?


A famosa Bruna Surfistinha
A famosa Bruna Surfistinha, ex garota de programa








Algumas pessoas não sabem o que é uma GP:  é  garota de programa!!  Quase o mesmo que  prostituta!!

Primeiramente já me questionei se existe diferença entre garotas de programa e prostitutas. Eu imagino que GP’s  vc liga, elas marcam em qualquer lugar q vc pedir,  até mesmo em motéis e  prostituta “faça ponto” direto em algum  lugar de costume e transe em um bordel ou “casa da luz vermelha”!!  Existem também as prostitutas de luxo e as da boca do lixo, encontradas espalhadas em velhas habitações do centro  da cidade e cobram barato em torno de  meia hora por programa. As de luxo  cobram mais caro (em torno de 200 a 600,00 incluindo pernoites, visitas a casas de swing ou quando atendem em dupla com outra GP), marcam em locais mais "nobres" (geralmente hotéis e flats em bairros de classe média ou motéis escolhidos pelo cliente) , até em apartamentos delas, na verdade onde vc quiser, afinal vc está pagando ela pra te  dar prazer, e até comodidade! Fiz uma pesquisa de campo no yahoo answers  e para alguns é a mesma coisa, só que  com um nome mais sofisticado e eufemizado, pois prostituta soa pejorativo. Ambas trabalham com sexo por dinheiro, algumas pra sustentar vicios, outras dizem q é pra ajudar a familia, algumas gostam pelo sexo como uma diversão, outras querem sair dessa vida.   Há quem as chame de “mulheres de vida fácil”, mas eu particularmente  não acho nada fácil viver exposta a todo tipo de gente, vender o corpo,  apanhar durante o ato de homens bêbados e agressivos....mas e vc, transaria com uma GP?

Eu nunca tive  essa experiência, conheço apenas uma amiga que passou por isso, mas ela afirma categoricamente que não repetiria a experiência, e que teve sorte de ter dado certo, mas que admite ter se arriscado demais!  Para que eu chegasse a isso, eu precisaria saber a procedência desta pessoa, o que é empiricamente impossivel de saber!  E tambem mesmo que  a intenção seja só sexo, eu precisaria ter um minimo de amizade ou convivencia com ela.  Algumas servem de consoladoras em muitos casos, o cliente vai até lá e não procura somente por sexo, mas alguem pra desabafar, ser ouvido (a), geralmente após o fracasso de uma relação duradoura ou não, ou (no caso dos homens) porque a parceira não o esteja satisfazendo por completo sexualmente, geralmente o fazem em segredo. Outras pessoas buscam esse tipo de serviço por carência ou por não ter com quem transar.

 Enfim, há sites que existe a possibilidade de vc ligar  e escolher uma ou com acompanhante, mas eu não acho muito confiavel, não sei se elas são reais.  Tambem não tenho o hábito de passear pela augusta caçando por ae!!  Na verdade eu mal frequento a augusta!  Minha melhor amiga tem nojo só  em saber q elas se relacionam com homens!!   Talvez a vantagem seja vc poder  escolher com quem e como vc quer, vc pagando bem elas aceitam  fazer sexo com qualquer pessoa (a maioria costuma ser bissexual, sendo ativa e passiva com ambos os sexos)!   Tambem tem a questão de  se prevenir: entre mulheres, para algumas posições é  mais dificil usar camisinha, em outras é possivel, conforme vou explicar em outro  topico sobre sexo seguro.  Pros homens é mais facil, já que ele pode usar a camisinha.  A dica que eu daria pra quem não se importaria de viver tal experiencia é: tente investigar a procedencia dela  o máximo que vc puder, peça  a  alguem q vc conheça te indicar alguem, mas o risco sempre existe.  Sexo casual vc pode fazer  até com uma conhecida, desde que ambas se conheçam e sintam um minimo de  carinho e atração pela outra pra isso.   Mas se estiver muito carente, ou vc tenta encontrar alguem de confiança e procurar muito bem, ou o jeito é tentar ter paciencia, até conhecer alguem que valha mais a pena trocar esse tipo de intimidade tão intensa, que na minha opinião deve ser sempre conversado antes de qualquer atitude ou decisão. Tambem nao adiantaria  (e acho meio dificil de rolar) vc se apaixonar por alguem que provavelmente não   largaria dessa vida pra ficar com vc ,não iria ter futuro. Tenha consciencia que é algo totalmente de momento. É sempre bom encontrar alguem com quem vc possa dividir sempre este momento, sem precisar pagar pra que ele aconteça! Não que  com a GP vá ser  uma merda, mas quando é com  alguem que vc gosta e gosta de vc, é muito mais gostoso e mais carinhoso.Mas eu não discrimino de forma alguma quem gostaria de ter ou já teve esse tipo de experiência, afinal cada um tem  seus motivos e  não  cabe a ninguem julgar,  uma vez que vc não saiba o que a pessoa estava passando naquele momento em que procurou algo desse tipo. O importante é ter  sempre precauções consigo, seja com garotas ou mesmo garotos de programa e escolher quem realmente tiver chamado sua atenção.