Dica importante: Respeitem os comentários alheios, não ofender. Se quiser fazer alguma critica ou sugestão, faça de maneira construtiva, e não agressiva.INTERAJAM para que o blog fique mais interessante! A participação de vcs, o público alvo é muito importante! Comente, envie sugestões de temas que gostaria que fossem abordados no blog, enfim, dê a SUA contribuição! Obrigada!

Videos interessantes

Loading...

domingo, 23 de junho de 2013

Homofobia internalizada: como se aceitar?









Muitas pessoas ao perceberem que  se sentem atraídas por alguem do mesmo sexo  estranham a si mesmas e se questionam: como eu gosto de mulher (no caso das meninas) e como eu  gosto de outros  homens?? Isso acontece especialmente quando a pessoa é acostumada a se relacionar com alguem do sexo oposto, especialmente pessoas que provavelmente sejam bissexuais. No meio em que esas meninas vivem, todas as amiguinhas só beijam meninos, só  falam de namorados  e ela se acostumou com isso, então, como encarar que em algum momento da vida ela tambem curte mulheres? A dificuldade passa a ser ainda maior depois que a mulher se casa e tem filhos  com um homem. Ela pensa: como vou dizer  à familia, a amigos que  acharam que eu era hetero, e principalmente, como  dizer aos filhos? E quando a religião entra em cena então, principalmente se vc for criado no meio evangélico, onde o preconceito  é muito mais forte e mais comum? Daí só piora, pq muitas vezes, a pessoa  é levada a mentir sobre o que sente  e forçar um comportamento homofóbico, totalmente incompatível com o que ela sente e acredita, mas para ser aceita acaba sendo assim.

 É muito comum negar esse tipo de sentimento sno imicio da auto descoberta  e soltar frases do tipo: “bom, se eu fosse homem ,  até que ficaria com ela...”    ou “eu não tenho nada contra ela ser lésbica, mas desde que não dê em cima de mim, e sou amiga dele, desde que ele não cante meu namorado”, “eu acho aquela mulher linda e até gostosa, mas acho que nunca beijaria uma!” , “só abriria exceção pra fulana, pois amo meu namorado e quero me casar com ele” . a auto pressão para estar dentro dos padrões é tão grande, que  isso pode gerar conflitos internos e angústias.  Muitas ainda pensam: “eu tinha o sonho de cassar na igreja, ter filhos, mas e com mulher? Como vou fazer certas coisas q só com homem socialmente é possivel? Não dá!”  A partir  daí, criam-se   os auto bloqueios e boicotes... Mas por que  não dá??  Como assim, não pode se casar  e ou viver com uma mulher por amor? Qual o problema em ser e amar diferente? Por que vc não pode amar uma mulher enquanto os outros amam (ou acham q tem que amar) como a sociedade acha “certo”?  Por  que não pode ser apenas vc mesma??    Se assumir é  um processo em ritmos diferentes pra cada pessoa,  e  vc jamais conseguirá se assumir em público enquanto não o fizer para si mesma.  Vc não tem que se sentir uma aberração só por sentir tesão  e paixão por mulheres!!  Eu por exemplo, confesso que as vezes me sinto culpada quando só penso fisicamente em alguem, fico achando que falta algo, que eu precisaria me apaixonar, mas isso geralmente ocorre quando eu estou presa a alguem. Mas sei que quando eu me apaixono é pra valer, e não  desejo essa pessoa apenas fisicamente, mas emocionalmente tambem. Atração fisica faz parte do processo de desejo, mas sentimentos virão com o tempo, então, às gurias que se encontram nesse processo de desejo de  apenas beijar, fazer sexo com mulheres certamente terão sentimentos tambem por elas, assim como foi o procesos com homens (vide bissexuais).  Outras formas de se aceitar e se asumir:

Procure por grupos em comum em redes sociais. Converse com pessoas que gostem das mesmas coisas que vc, que passam pelas mesmas dúvidas, vc se sentirá acolhida.
Assista filmes sobre o tema. Vc se identificará e perceberá que o que sente é perfeitamente normal!
Se vc tiver muito amigos heteros  e desconfia que eles não te aceitarão, evite comentar algo ou contar sobre vc. Só o faça se sentir que será compreendido e não julgado;
Não fique procurando algum “motivo”    do pq vc é gay, lésbica ou bissexual. Apenas viva seus desejos  da maneira que melhor lhe  couber . não se pressione a encontrar um rótulo para si, apenas deixe rolar, ou faça somente o que te deixa a vontade. Se vc for bi,  vc não é obrigado a ficar com os dois sexos, fique com aquele  gênero e no meio em que se identificar mais.  Não tem que haver regras, vc mesma faz as suas, ninguem tem que impor norma nenhuma a sua pessoa a não ser vc mesmo!!

Se não  for possivel encontrar relações estáveis, seja seletivo e fique apenas com quem sentir uma vontade real,  isso vai ajudar vc a descobrir do que e como gosta e as experiências te farão sentir mais segurança para de assumir.

 Vc deve sentir orgulho de  quem  vc é, ninguem tem nada que ver com sua vida. Ser bi ou homossexual não tem nada a ver com caráter ou personalidade, é apenas uma variação do  desejo sexual e afetivo por outrem.

Joguinhos de sedução: até onde isso é saudável?









Você já deve ter  feito isso com alguém, ou ter sofrido por alguem fazer isso contigo, o que gerou dúvidas se  realmente essa pessoa estaria afim de ter algo sério contigo, não é mesmo?? O objetivo desse  tópico é justamente esse:  isso é necessário?  Será  que vale a pena e até onde  é aceitável?

Primeiro vamos pensar, pq alguem sente vontade de   fazer jogo de sedução  com outra pessoa?  

a) para ter certeza de seus sentimentos;
b) apenas ter o gostinho de se sentir desejada (já que  talvez não seja algo comum a vc);
c) medo de ficar refém de alguém, se apegar e ficar em função dessa pessoa (e talvez dos proprios sentimentos), então, melhor controlar para não ser controlado.


Errado! Se vc quer saber a veracidade dos sentimentos de alguem por vc, tente uma conversa franca com essa pessoa.  É  claro que nós queremos que a pessoa manifeste  interesse a partir de algumas dicas e sinais que damos  a elas, mas tudo tem  um limite. E se a pessoa realmente estiver afim de vc?? Vc acaba cansando ela de tanto fazer jogos e dar voltas, se fazendo de esnobe, e as vezes até magoando-a, e dai ela simplesmente pode desistir de vc, e vc pode se enrolar em seu proprio jogo e ficar afim dessa pessoa, mas e depois que ela já se irritou com  seu jogo? Ela dificilmente acreditará em vc  e vc terá perdido uma  pessoa  legal que poderia te fazer muito feliz.  Outra coisa que eu não curto é esse negócio de "bem me quer, mal me quer!", vc não se decide se gosta, se quer ou não determinada pessoa e parece só querer brincar com os sentimentos dela, mas faz questão que ela te procure. Ou gosta ou não gosta!  Vc gostaria que fizessem isso contigo??   Ninguém gosta de ser enganado, então se não estiver afim de alguém, simplesmente seja sincera e não a iluda.  E a  vc, que insiste em achar que é certo criar esse tipo de situação,   faça a si mesma (o) a seguinte pergunta:  vc realmente quer ter  alguem, ou só quer alguem te pondo no pedestal e nada  mais do que isso??  Uma coisa é querer se  sentir valorizada, amada, outra é querer  se sentir a gostosona às custas  dos sentimentos alheios, e isso para mim  parece mais um tipo de  covardia e só mostra que vc é tão insegura e se sente tão incapaz de conquistar alguém,  que precisa desse tipo de coisa para se sentir especial! Agora fique atenta:  a principal característica de quem apenas quer te ver correndo atrás é dar entender que vc tem alguma chance, ela até  te procura,  mas quando vc vai tentar, ela simplesmente começa a fugir, dar desculpas, criar conflitos, e não te dá chance de conversa. É só não cair no jogo que ela pára.    





 Eu particularmente acredito que,  por  mais que seja intrigante criar um jogo de sedução,  no amor, precisamos jogar limpo e ser sinceros com as pessoas sobre nossas intenções, o que sentimos ou não,  já  que é  algo que vc pode ganhar ou perder pontos com alguem, e no fim das contas, se vc não curte essa pessoa o suficiente pra ter um relacionamento, pelo menos amizade pode tentar ter.   Vc deve dar dicas, espere retorno, mas não pise em ninguém, senão  vc pode passar uma impressão errada e realmente perder a oportunidade de viver um grande amor  por um simples capricho. Reflita. 

Mais detalhes sobre esse assunto no tópico:  "Como saber se ela realmente está afim?"